domingo, 26 de outubro de 2014

Responsabilidade emocional...

"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto."
Rui Barbosa
"Eu amo a minha liberdade, amo a honestidade das pessoas, não a considero uma virtude, mas sim, um compromisso. Gosto de ter amigos, ainda que poucos, porém pessoas raras, incomuns, loucas de preferência (...) Acredito no amor universal e nas pessoas que o exercitam, as demais ignoro e lamento!"
Clarice Lispector - Água Viva.

video

As pessoas, ou pelo menos a esmagadora maioria, são isso , são essa mistura de egoísmo e juízes e assim rapidamente julgam o momento presente segundo o crivo do que lhe é mais útil , tornando descartável qualquer esforço alheio. 
Ou agrada 100% o tempo todo ou de nada vale o que já se foi feito... isso é covardia, e creia nós deparamos a todo o momento com gente assim e muitas vezes essas pessoas dizem amar... amar serve pra elevar , para cobrar o justo , nunca servirá para apoiar covardias.
Paz, saúde e responsabilidade... 

Nenhum comentário: