terça-feira, 24 de setembro de 2013

Viver o que se sente.

   
   "A natureza nunca nos engana; 
somos sempre nós que nos enganamos...
Prefiro ser um homem de paradoxos 
que um homem de preconceitos..."
Jean-Jacques Rousseau


video

Posso viver o que eu sinto?
Como viver o sentimento de uma saudade...
Viver o sentimento de algo que tarda em acontecer...
Viver a espera do que deveria ter revivido...
O que sinto?
Amor, carinho, ilusão... Fé.
Mal podemos interagir de verdade com o que sentimos, as vezes vamos percebendo que as pinturas vão mudando, as cores e formas, as texturas e molduras, enfim ... e tantas vezes nós surpreendemos com o rumo dos desenhos.
Não é tão simples a ponto de pegarmos o pincel e darmos um toque pessoal, correríamos o risco de estragar o conjunto final... e qual é o conjunto final... é o que vemos no fim , mas como saber quando é o fim... não sabemos... então: 
Sofremos muito com o pouco que nos falta e gozamos pouco o muito que temos.
William Shakespeare

 Paz, saúde e sabedoria

Nenhum comentário: